Dicas Viagem

Viajar não precisa ser caro

31/03/2014

 

 
Uma das grandes realizações da vida de uma pessoa é fazer grandes viagens e conhecer diversos lugares ao longo dos anos. Conhecer pessoas novas, tirar muitas fotos e ter histórias para contar para seus netos então é melhor ainda! Porém, alguns gastos na sua própria viagem podem ser reduzidos e assim, você pode ficar mais tempo no seu lugar de destino e gastar com outras coisas mais interessantes como um passeio ou presentinhos para a família.

 

 
Viajando
Em Viena, em Munique e em Praga fiquei em hostels.

 

Viajar não precisa ser caro

 

Quando pensamos em viajar já sabemos que a hospedagem e as passagens aéreas vão precisar da maior parte da economia que fizemos. Mas grandes soluções já foram criadas para que os turistas não gastem tanto dinheiro como eles gastavam há alguns anos, possibilitando e estimulando novas viagens para diversos lugares diferentes.
 
 

 

hostels
 

 

 
Hostels
 

 

Como em alguns lugares do mundo você pode não encontrar grandes hotéis, surgiram pensões mantidas por nativos que recebiam turistas que queriam conhecer os lugares mais peculiares e não tão cosmopolitas. E então, alguém concluiu que essa prática, certamente mais barata que os serviços de hotéis, poderia ser uma alternativa inteligente e um concorrente em potencial de hospedagem. Até porque, as pessoas que se hospedam querem aproveitar o lugar e absorver da cultura local e aproveitar o hotel fica sempre em último dos planos. Pensando então por esse lado, os gastos astronômicos em hotéis são desnecessários.
 

 

Foi assim, então, que surgiram os hostels. Eles recebem os viajantes de diversas partes do mundo, com muitas áreas comuns. É interessante para conhecer pessoas de culturas diferentes. Você tem a opção de dividir um quarto com muitas pessoas ou pegar uma suíte só para você. Escolha aqui o hostel que você quer ficar. Quando viajei pela Europa fiquei em ótimos hostels, como os aí de cima.
 
 

 

sofá
 
 

 

Couchsurfing
 

 

Essa prática tem os mesmos ideais que os hostels, porém, neste caso, existe um anfitrião nativo que vai te receber na própria casa, e é de graça. O pagamento é a troca de experiências e aprendizagem. Uma das características principais é o contato e a reserva realizados através da internet com o anfitrião. Então existem portais na internet que promovem essa comunicação entre o cliente e o anfitrião. É uma ótima oportunidade para ter contato com um nativo, que é naturalmente muito receptivo e comunicativo. Eles indicam pontos turísticos e da grandes dicas sugestões para você se locomover na cidade; onde se alimentar e aproveitar tudo com muita tranquilidade. Gostou da ideia? Encontre um anfitrião aqui.

 

 
 
viagem
 

 

 
Aluguel
 

 

Dependendo de quanto tempo você decidir ficar no local escolhido, vale a pena alugar uma casa ou apartamento. Esses imóveis costumam ser bem localizados e próximos de restaurantes, supermercados e até locais turísticos. O aluguel funciona como o de uma casa normal, pagando valores menores (já que ficará menos tempo) e tendo vários serviços que alguns hostels não fornecem, como piscina. Os lugares vão te oferecer tudo o que é necessário, quartos e banheiros limpos e uma cama muito confortável. Então, se você está interessado em conhecer os costumes de um determinado lugar, a cultura e ter contato com nativos essas novas práticas são grandes opções. A melhor parte? Economizar e ter privacidade.
 
Beijos e boa viagem!
 

 

 
 
 
Acompanhe o blog também no  Instagram |   Twitter  |   Facebook   Youtube

 
 
 
 

 

Comentários

comentários

8 comentários

  1. adorei as dicas, amoooo viajar e realmente da pra curtir sem gastar tanta grana assim, principalmente se for com os amigos, a despesa reduz bastante.
    meu sonho é fazer mochilão, mas pra isso ainda preciso de um pouco mais de coragem e juntar dinheiro kkk

  2. Gostei do seu post. Vou viajar em breve para a alemanha e para inglaterra com as minhas amigas e economizamos bastante pois optamos por ficar em Hostels. Beijos e boa semana!

Deixe o seu comentário!