Dieta Saúde

Eu nunca usei barriga de fora

11/03/2014
 
 
Na verdade não me lembro quando na vida me senti magra, olhando fotos antigas vejo que eu era “magra” e não sabia. Aaaah se eu soubesse disso naquele tempo.
 
Na infância minha mãe nunca precisou brigar comigo para comer, nem muito menos me dar Biotônico Fontoura. A parte de comer sempre foi um prazer para mim, mas com o passar do tempo isso começou a me incomodar.
 
Lembro que eu e minha prima usávamos conjuntinhos de uma mesma marca, só mudava a cor, e foi bem ai que eu comecei a notar a diferença. Enquanto ela comia mais e continuava magra, eu fui engordando.
 
Fui crescendo e a comida se tornou um conforto, para tudo, se estou triste, se estou feliz, ela sempre torna tudo melhor. 
 
Ano passado fiz uma cirurgia em cada joelho, e naquela hora em que estava triste e ansiosa, ela foi minha distração. Na cama, e vendo todo mundo “viver”, fui comendo, comendo e o resultado é que nunca pesei tanto quanto hoje.
 
As roupas não me servem mais e alguém já viu que só existe uma peça tamanho 46 nas lojas??? 
É, chegou a hora de EU mudar. Mudar minha alimentação, meus hábitos e colocar essa “bundinha” para exercitar.
 
Fiz esse texto para dizer: Se você está desanimada, não fique. Mude por você e não pelo que os outros acham.
 
Quem quer me acompanhar??? Se alguém tiver alguma dica também vale!
 
PS: A frase que dá título a esse texto foi dita por mim para minha mãe enquanto estávamos em um dos Parques da Disney e eu tinha visto (invejado) uma menina com a tal “blusa” de barriga de fora. 

Comentários

comentários

26 comentários

  1. Poxa Bruna, é foda mesmo! =/
    Eu tenho exatamente a mesma sensação que a sua! Eu nunca me achei magra, sempre me achei com pança, etc. Mas vendo as fotos antigas eu penso que era feliz e não sabia! hahaha
    Eu baixei um app que chama Dieta e Saúde, é pra marcar oq vc come com a dieta dos pontos, mas como comecei a usar agora pouco, não sei dizer se realmente ajuda. Talvez seja bom apenas pra dar uma assustada e vc ver “poxa, eu como muito mais do que o recomendado diário!”.
    Falaram que aquele livro de tarefas do Pense Magro também ajuda, estou procurando pra comprar ^^

    Beijos e se cuide!

    1. Oi Rebecca, tudo bem? Que bom que eu não sou a única que passa por isso! Você acredita que eu já baixei esse app mas nunca usei de verdade! Vou testar. Também já comprei um livro chamado Eu não consigo emagrecer, mas larguei (fala sobre a dieta Dukan) vou retomar todas essas iniciativas e fazer um post pra me ajudar e ajudar vocês! Beijos e Obrigada!

  2. O primeiro passo vc já deu, que é o reconhecer e o querer mudar….agora é ir na nutricionista, fazer exames, e começar a ter uma vida melhor….emagrecer será consequência! 🙂
    bjs

  3. Parabéns!!! Lindo texto. Parabéns pela tua mudança. Pode ter certeza q a principal mudança é na cabeça. O resto vem depois. E se tu realmente acreditar e levar a sério, vai dar certo. Acredite em ti. Ju

    1. Oi Ju! Obrigada! Gosto de escrever textos assim, ninguém é perfeita e sempre é bom compartilhar essas inseguranças. Obrigaaaada. beijos

  4. Sempre fui gordinha e isso nunca me incomodou e nem me impediu de sair, namorar, essas coisas… Mas no final do ano passado começou a me incomodar muito. Em novembro comecei a fazer a Dieta Dukan e em janeiro comecei a treinar na academia. Já eliminei 18kg e ainda pretendo perder mais! E tudo isso eu fiz por mim mesma, pela primeira vez na vida que faço algo por mim e estou adorando!
    Ah, eu também NUNCA usei a barriga de fora! hehe

    1. Oi Leticia. Estou exatamente pensando em fazer essa dieta, o livro já tenho, e o mais difícil para mim é que eu sou muito chata pra comer, mas acho que chegou a hora de abrir mão de algumas coisas.E lógico, voltar a fazer alguma atividade física. Parabéns pela vontade, você é um exemplo para mim. Beijos.

  5. Bruna, eu estou fazendo reeducação alimentar. Exercício quando dá!
    Já perdi 13 quilos, e vou te dizer: Não há comida no mundo que valha a sensação de estar saudável e mais leve!
    Ainda faltam 15 pra chegar no meu peso ideal! Mas já sou outra.
    Te desejo força! pq comer é um vício! Eu me livrei desse vício, e sei q vc tb pode!
    Peça pra sua família entrar na onda saudável junto com vc, pq isso ajuda MUITO! vc entra em um clima de equipe, e qdo um fraqueja o outro segura as pontas!
    E assim, sua geladeira não vai ter nada tentador!
    Parabéns pela decisão e boa vida nova!

    Rafaela.

    1. Oi Rafa. Que legal! 13 quilos??? caramba! É exatamente o que você falou, se sentir saudável, é isso o que eu quero! Vou tentar fazer a cabeça da minha família, hahaha, vai ser meio divicil, mas todos estam precisando.
      Parabens pra você! Depois quero saber mais sobre o que você mudou na sua rotina e se tem alguma dica. Me manda um email: brunammarques@msn.com.br
      Beijos!

  6. Até os 18 eu usava, com moderação. Depois a pança foi crescendo e desisti.
    Lembro que aos 10 anos tinha um bustiê (se escreve assim?) e andava tranquilamente. Deixei de usar na rua com mais frequencia quando fui morar em Petropolis/RJ e o frio e julgamento das pessoas fizeram com que eu me desfizesse das peças.
    Mas lembro de usar algo que fosse estilo cropped aos 15, 16…

    bjs
    http://www.blogdapriscilla.com

    1. Oi Priscilla, é, essa moda sempre volta. Mas se você realmente gosta tente não se importar com o julgamento dos outros.
      Bjos.

  7. Olá ^ ^ li seu texto e foi exatamente isso que eu pensei em Janeiro desse ano… ate então, não tinha “caído minha ficha” de que eu estava gorda 🙁 e o pior com a saúde toda estragada… nunca tinha feito dieta, mas quando era nova praticava esportes… mas os anos passaram, eu casei e engordei. Meu marido, que também tinha engordado bastante, me incentivou a fazer dieta Low Carb (baixo carboidrato e mais proteína/gorduras) pra mim funcionou super bem porque voltei a comer legumes e verduras, carnes de todos os tipos e chocolate 85% de cacau (meu vicio) ^-^ o que eu cortei foram os pães (farinhas), arroz, feijão e o AÇÚCAR… já perdi 8k e meu marido 13k, não contamos calorias e por enquanto não voltamos a academia (por falta de $$).. Sugiro que você pesquise sobre dieta Low Carb, Dukan e Cetogênicas… todas as dietas do mundo vão te restringir alguma coisa e ai você analisa o que vai te fazer menos falta né e principalmente o que vai ser menos penoso e não vai te fazer desistir ^ ^ mesmo que leve mais tempo.
    é isso espero ter ajudado!! Bju e vai postando sobre isso que com certeza vai receber muito apoio das meninas 😀

    1. Oi Jak, vou pesquisar sim… meu vicio também é o bendito chocolate! Vou fazer um plano e claro, postando sobre. Acredito que com o apoio de vocês eu vou conseguir! bojos

  8. O problema de ser gordinho é que não é saudável independente de ser feio ou bonito. Barriguinha é sinônimo de gordura no organismo e ela tende a ir para o fígado. Perder peso é simples mas não é facil é necessário comer por necessidade e não por prazer. Coma a cada três horas, evite massas, arroz, doces, e produtos derivados da farinha, além de cortar refrigerantes. Entre as três refeições principais coma um lanche, melhor ainda substituir esses lanches por barrinhas de proteinas (as de cereais contém carboidratos, não vale)

    1. SIM. Saber dessas coisas até eu sei, o divicil é por em prática. Agora estou motivada e vou tentar reeducar minha alimentação. Obrigada!

  9. Também nunca usei barriga de fora, apesar de ser palito. 🙁
    Pode parecer engraçado/estranho, mas uma das minhas maiores inseguranças é ser magra demais. Nada cai bem, fica tudo largo e é um saco encontrar uma roupa do meu tamanho. Acho que, no fundo, estamos todas em busca de um meio-termo.
    Meu conselho é: se te incomoda, por quê não mudar? Você reconhece que te incomoda e quer fazer algo a respeito, isso é o primeiro passo pra uma mudança significativa! Te desejo muita sorte e muita determinação. Ponha sempre sua saúde em primeiro lugar e vambora!

    Um monte de beijos.

    Ismália .

    1. Oi Ismália, é o que você falou : estamos todas em busca de um meio-termo. Muito obrigada pelo apoio e Vambora! hahahaha Beijo!

Deixe o seu comentário!