Sem categoria

Natal Frustrado em Gramado – Parte II

18/12/2013
Depois de tudo o que contei na parte I dessa história, fui pra casa decepcionada pensando: “Natal Luz só no próximo ano, ok!”
Um ano se passou. Nesse ano comprei uma câmera nova, uma Cybershot da Sony, 4.1 Megapixels, bem moderninha pra 2005… Chegando perto de dezembro deu um “tilt” no lcd dela,  que me fez lembrar do ano anterior. Enviei para a assistência e ela voltou a funcionar.
Chegou dezembro. Combinei com o Rafael de irmos a Gramado. Ok! 
Câmera? Ok. Baterias? Ok. Carro? Ok! Saímos de Nova Petrópolis durante à tarde. Aproveitamos para visitar uma prima da minha mãe que mora lá, entre um chimarrão e outro, risadas e as horas foram passando.
Por volta das 18h o sol já havia enfraquecido e resolvemos ir ao centro da cidade. Gramado parecia um formigueiro, era gente que não acabava mais. 
Ao chegar ao centro surgiu o desafio: Encontrar uma vaga de estacionamento! Andamos, andamos, andamos. O trânsito lento complicava nossa busca. Após cerca de meia hora andando de um lado para o outro de Gramado avistamos um estacionamento particular. Ufa! Nossa busca iria acabar. Chegamos mais perto e então eu pude ler o LOTADO escrito em uma placa no meio do escuro. Sim, já estava escuro e ainda não tínhamos parado.
Andamos, andamos e andamos. Andamos mais um pouco. Minha câmera alí pronta para registrar as brilhantes luzes de Natal e eu não conseguia descer do carro. Andamos, andamos e andamos. Nada! Nenhuma vaguinha para nos alegrar. Eu não queria aceitar, não depois do ano anterior, não enquanto todos andavam pelas ruas. Espera! Eu também quero descer!
Resultado: Após quase duas horas em busca de uma vaga estávamos cansados e desmotivados. Acho que tinha carros até no pórtico de entrada da cidade e até o centro seria uma caminhada longa. Hoje, talvez um taxi teria solucionado o nosso problema, mas enfim. Naquele dia Rafael e eu entregamos os pontos! Desistimos e resolvemos voltar a Nova Petrópolis. Não tenho certeza, mas acho que eu voltei chorando, de RAIVA! 
Bom, pra não dizer que foi totalmente #fail, fiquei feliz no final do trajeto quando cruzamos por caminhões da Coca-Cola cheios de luzes e que tocavam música. 
Se eu voltei a Gramado? Sim, voltei, mas não no Natal.

Acompanhe o blog também no  Instagram |   Twitter  |   Facebook   Youtube


Comentários

comentários

2 comentários

  1. Eita canseira!!
    Sabe, teve um ano que fui e vi o Natal luz numa boa!
    A cidade fica um formigueiro mesmo, mas só na época do Natal/Ano Novo. Como o Natal Luz vai até o dia 18 de Janeiro, se não me engano, a gente – eu e minha família – assistimos toda a parada bem tranquilos na cidade!
    Não estava tão cheia e foi de boa… mas não vimos no Natal, vimos nas férias de Janeiro!
    xD

  2. Eu e meu marido fomos esse ano para tirar fotos, mas tb ficamos muito tempo rodando até q eu já estava morrendo de raiva e voltamos pra casa sem nem sair do carro. Não tem lugar para estacionar!
    Como eles ainda não pensaram numa solução para isso???
    Um simples prédio garagem já iria ajudar muito.
    Ju

Deixe o seu comentário!