Curiosidades Dicas Viagem

Viagem: Passeando em Lisboa

27/12/2012
Se teve um lugar que me dá vontade de voltar, esse lugar é Lisboa, primeiro porque fiquei pouco tempo, foram apenas 3 dias, mas o suficiente para achar todos ao meu redor super gente boa. 
Também, depois de ter passado por Paris, e ter aturado a grosseria de alguns parisienses, aff, a maioria dos seres humanos desse planeta me pareciam amáveis. 
Lisboa tem uma iluminação incrível para quem curte fotografar, como vocês podem ver, o céu é um azul lindo. Era agosto, quente, passei a maior parte do tempo de jeans e camiseta. Durante a noite sempre recorria a uma jaqueta.
Na semana passada contei sobre o hostel onde ficamos hospedados, né? Então, para quem estiver pensando em ir visitar a capital portuguesa recomendo. Fica junto a estação central o que permite que você vá de um lugar ao outro com facilidade. 

E andando por lá vi uma galera gravando algo, registrei e lembrei do guia que disse que os cineastas adoram a luz de Lisboa! Bom, se é verdade eu não sei, mas nos dias em que lá estive a luz parecia perfeita.

Entre as ruelas é possível observar construções antigas, com os característicos azulejos portugueses, que eu sempre achei lindo. Aliás, para quem gosta, existem alguns azulejos pintados a mão que são vendidos como suvenirs. De lá trouxe vinho do Porto e um galo de porcelana, Galo de Barcelos, símbolo da terrinha.
Não cheguei a usar o trem, o que vi, foi caminhando, tem muita ladeira, me lembrou Ouro Preto, sobe e desce, mas o bom é que tem os miradouros propícios para uma parada e uma cervejinha se assim o turista desejar… Essa primeira foto é do miradouro Santa Catarina.
Sobre a comida, hummm, comida gostosa e com preços em conta. Se gostar de bacalhau tá feito! Melhor lugar não há! 
Quero voltar lá para conhecer as redondezas, como Sintra e seus castelos, por exemplo. 
Para quem estiver procurando destino de viagem, recomendo! =D
Beijo.

Publicitária, adora heavy metal, southern rock, séries de tv e viajar, mas queria mesmo era ter sido paquita da Xuxa.
Compartilhe
Veja também esses posts

Comentários

comentários

16 comentários

  1. Adorei o teu post. Tem tanta coisa para ver. Eu recomendo Sintra (é super mistica e de outro mundo ), Cascais é muito giro e Lisboa tens a zona de Belém (com vista para o Rio).Eu sou de Lisboa e de facto não há luz como aqui (chamamos Lisboa de Cidade branca). Vou partilhar o teu post 🙂 Venha nos visitar mais vezes!!!

    1. Oi Susana!
      Certamente irei! Adorei o que vi e fiquei curiosa, não deu tempo de conhecer esses lugares que você citou então voltarei. =D Tenho que provar algumas comidas típicas ainda. As pessoas também foram muito agradáveis o que me fizeram gostar ainda mais do local.

      Obrigada.
      Beijos.

  2. Fiquei super feliz em ler este post, Julia! Sem dúvida, Lisboa é encantadora. Morei um ano lá quando fiz um intercâmbio pela UNISC e fiquei completamente apaixonada pela cidade. Miradouros com vistas lindas, ruazinhas da Alfama, gastronomia deliciosa, café e pastel de Belém, bacalhau com natas, Sintra, Bairro Alto… a saudade bate forte!

    1. Um ano? Que delícia!
      Quero voltar, com certeza, conhecer Belém, Sintra…Tem tanta coisa, né?

      Eu sempre pensei em fazer o intercâmbio, mas o tempo passou e fui deixando, mas enfim, conheci! E volto lá algum dia. =D

      Beijão.

    1. Oi Karlinha!
      Ai, eu fui com a TAP, eles costumam ter uns preços mais em conta já que a sede deles fica em Lisboa. Vale a pena fazer um planejamento! =D Nem se for a loooongo prazo flozinha!

      Beijãoooo.

    1. Oi Lê!!!! Que saudades! =D
      Obrigada pelo linda, sua linda!
      Ai meu deus quantas lindas nesse blog!
      Lisboa é uma delícia.
      E o melhor, todos falam PORTUGUÊS!!! hahahaha
      Beijãoooo!

  3. Fotos lindas.
    Mas bem se vê que você ficou poucos dias em Lisboa, só quem vive em Lisboa (em Portugal) pode avaliar
    o povo, a péssima educação, a hipocrisia das pessoas, a falsidade, e o quanto este povo vive de aparências. Isso para não falar na ignorância que impera na maioria das pessoas, e não só nos idosos, porque para estes se dá um desconto pela fome que passaram no tempo de Salazar; me refiro as pessoas na faixa etária de 30/40. Vejo que você precisa aprender muito sobre Portugal!

    1. Obrigada pelo comentário. Realmente o tempo que passei foi curto o que gerou poucas experiencias para sobre o local e seu povo, e foi isso que narrei, minha curta experiência como turista “um tanto alienada”. Na verdade caí de paraquedas lá, não era meu destino inicial, a tap fez escala por lá e eu acabei curtindo…

      Certamente muito tenho a aprender sobre Portugal, assim como sobre tantos outras coisas, eu realmente adoraria morar por uns tempos lá, assim como em outros lugares, como forma de observar como é a vida e os hábitos de seus moradores, mas como não é possível, acabo levando um olhar errôneo e superficial, olhar de turista.

      Obrigada pelas informações adicionais! =D

  4. Lindas imagens! Não conheço Portugal.
    Acho que tive sorte na França. Fora o fato das mocinhas dos cafés nunca trazerem açúcar suficiente para o meu paladar brasileiro, não enfrentei nenhuma situação desagradável. Mas tb não vi muitos sorrisos amáveis, não!!
    Lila Czar

  5. Adorei tu ter postado sobre essa cidade. Estive lá assim como tu, por pouco tempo. Passei mais tempo mesmo em Abrates, uma cidadezinha bem do interior de Pt que pra mim foi tudo de bom. Lisboa é linda, é charmosa, é nova (se tu considerar compará-la ao Porto, por exemplo). É cheia de vida, e a noite de Lisboa então, hehe. Adorei tudo lá mesmo. Pena que fui no inverno e peguei dias frios e chuvosos, além de ter perdido uma boina de lã com o vento forte de Belém! o.O Mas as pessoas eram demais, e não só os portugueses (taxistas e vendedores que tive contato e até gravei os sotaques), mas o interessante é tu ouvir passando na rua diferentes línguas, porque a cidade é porta da Europa, por assim dizer. Beijo Julia, continua viajando e postando coisas bonitas :*

  6. Sabe que diversas pessoas comentam sobre a grosseria do povo de Paris, mas eu não achei isto. Bom, pelo menos comigo não ocorreu nenhum episódio neste sentido quando estive por lá. Beijo

Deixe o seu comentário!